ESSE LIVRO É UM CLÁSSICO EXEMPLAR DO GÊNERO NEOFIC CRIADO POR FRED MAGIUS. A NOVA FICÇÃO VEROSSÍMIL, QUE LANÇA MÃO DE UMA NARRATIVA CONCEITUALMENTE DIFERENCIADA, TANTO NA TEMÁTICA SUI GENERIS, QUANTO NO ESTILO TEXTUAL INFORMAL PECULIAR.

Ebook Projeto Cascavel

R$ 20,00Preço
  • Arquivo formato PDF.

    Uma vez feito o download deste arquivo, fica expressamente impossível a devolução/troca/estorno/reembolso.

    É ilegal e crime contra o direito autoral:

    revenda/transmissão/disseminação/cópia

    compartilhamento/

    Violação de direito autoral Código Penal

            Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos:                     Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa.            (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)

            § 1º Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente:           

            Pena – reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa.           

            § 2º Na mesma pena do § 1o incorre quem, com o intuito de lucro direto ou indireto, distribui, vende, expõe à venda, aluga, introduz no País, adquire, oculta, tem em depósito, original ou cópia de obra intelectual ou fonograma reproduzido com violação do direito de autor, do direito de artista intérprete ou executante ou do direito do produtor de fonograma, ou, ainda, aluga original ou cópia de obra intelectual ou fonograma, sem a expressa autorização dos titulares dos direitos ou de quem os represente.          

            § 3º Se a violação consistir no oferecimento ao público, mediante cabo, fibra ótica, satélite, ondas ou qualquer outro sistema que permita ao usuário realizar a seleção da obra ou produção para recebê-la em um tempo e lugar previamente determinados por quem formula a demanda, com intuito de lucro, direto ou indireto, sem autorização expressa, conforme o caso, do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor de fonograma, ou de quem os represente:          

            Pena – reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa.       

            § 4º O disposto nos §§ 1o, 2o e 3o não se aplica quando se tratar de exceção ou limitação ao direito de autor ou os que lhe são conexos, em conformidade com o previsto na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998, nem a cópia de obra intelectual ou fonograma, em um só exemplar, para uso privado do copista, sem intuito de lucro direto ou indireto.